Para quantos amigos você daria a Lua?

19:54


Amigos, quem são esses seres tão importantes em nossas vidas? Conhecidos ou colegas temos aos montes. É o pessoal da escola, do clube, da rua. Mas e aquele ser que saberá de todos os nossos segredos, conseguirá traduzir cada expressão nossa, enxugará nossas lágrimas, compartilhará nossos sorrisos? Esse é o cara! Esse é o amigo de verdade. Aquele com quem sempre podemos contar.

Muitas vezes, a vida nos distancia dos amigos. Mas sabemos que a qualquer momento, ele estará lá, pro que der e vier. Passam-se meses sem se ver, mas na hora do reencontro, a conversa flui solta, a amizade perpassa o tempo e a distância.

Infelizmente, aquela música do rei que diz “eu quero ter um milhão de amigos” não expressa o que acontece na realidade, pois amigos verdadeiros são poucos, contamos nos dedos. Mas eles estão ali, sempre…

Na adolescência, valorizamos ainda mais os amigos. É o momento das descobertas, de conhecer o mundo. E ali formamos laços, alguns serão desfeitos ao longo do caminho, mas outros serão eternizados, não desmanchando até o cerrar de nossos olhos.

Amigos são irmãos dessa jornada chamada vida, “eram figurinhas do mesmo álbum” (A Lua que eu te dei). De uma bela amizade pode nascer um verdadeiro amor, uma próspera sociedade ou até mesmo um laço de parentesco.

E como provarmos tamanho sentimento por um amigo? O que você seria capaz de fazer por um amigo? Quem saber dar a Lua de presente…

Esse é o assunto da obra “A Lua que eu te dei”. Luan e Bebel são amigos desde os tempos da infância, mas, ao chegarem às portas da adolescência, surgem dúvidas, conflitos. Será essa amizade capaz de sobreviver a essa fase tão turbulenta? Como provar o valor dessa amizade? E se Luan provasse o seu sentimento dando a Lua de presente a Bebel?

Bebel não falou nada, só abraçou o amigo, no melhor abraço do mundo, o abraço de quem a gente ama. E ficaram assim se consolando, dando apoio um ao outro, afinal, eram mais que amigos ou irmãos, eram verdadeiras almas gêmeas.


  Gostou? Quer adquirir essa obra? É só clicar aqui!


Um texto por Ana Rapha Nunes, autora de livros infanto-juvenis, que, há um tempinho atrás, me mandou um e-mail cheio de amor, querendo compartilhar sua arte com os leitores aqui do Além de Vestidos.

Talvez você se interesse por

0 comentários