Apple Music: prós e contras

19:12


Ultimamente, tenho falado bastante sobre a Apple Music, serviço de streaming de Apple, mas que está disponível até mesmo para Androids.

O preço varia entre $4,99 (plano individual) e $7,99 (plano familiar) e há um test-drive: três meses grátis. 

Prós

1. Você tem acesso a todas as músicas que os artistas disponibilizam, inclusive as recém-lançadas. Sabe quando seu cantor favorito anuncia que vai lançar um novo single? Pois bem, na hora que ele lançar, você pode escutar. 

2. As músicas vêm com o nome do artista, do álbum e foto, que vamos combinar, é bem visualmente bonito.

3. Dá pra baixar as músicas e escutar offline. Pode liberar um espaço gigante de memória se quiser toda a discografia do Arctic Monkeys, por exemplo.

4. É um jeito legal (nos dois sentidos) de contribuir com o artista. Muitas vezes recorremos aos ~piratas~, mas assumo que sempre prefiro a opção legal, quando ela é acessível. Por exemplo, assinar Netflix e assistir o máximo de séries, filmes e documentários lá.


Contras

1. A não ser que o cantor lance o cover como oficial (igual o John Mayer com XO) não é possível ouvir covers. Recorrer ao Youtube é a solução

2. Caso você use a mesma conta que o resto da família, as músicas vão para todos os dispositivos. Além disso, não dá para escutar ao mesmo tempo, o que é compreensível já que existe o plano familiar. Mas no meu caso, todos da casa usam a mesma conta (com o mesmo cartão registrado e tudo mais) então acaba que quando um está escutando, o outro se prejudica. Tenho sorte, no entanto, pois sou a viciada em música da casa. 

3. Não é barato para nós brasileiros. Com o dólar a 4 reais, pagar $4,99 mensalmente é meio duro. Muitos optam pelo Spotify por ser em reais e um pouco mais acessível.


A Apple Music está disponível para todos os dispositivos da marca, além de PCs e Androids. Para saberem mais, cliquem aqui.

Talvez você se interesse por

0 comentários