O lobo bom da humanidade

19:34

     (Imagem: via)

Constantemente vejo pessoas dizendo que a humanidade está perdida e que fomos uma criação que deu errado. Prefiro não acreditar nessa teoria, talvez por ingenuidade ou talvez por me importar mais com pessoas boas do que com as que fazem do mundo um lugar pior. Naquela história do lobo, o que ganha é o que você alimenta, certo? Bom, eu prefiro alimentar o bom. 

Existem mais pessoas interessantes no mundo do que aquelas que você convive  ou aquelas que você vê governando seu país. O mundo é de uma grandeza que não conseguimos imaginar. Ver aquela imagem de satélite ou do filme "Gravidade" não é conhecer o tamanho do mundo. Afinal, esse aqui que residimos é feito de seres: vivos ou não.

É muito fácil ir em um site de notícias e receber uma torrencial chuva de coisas ruins. Mas, quantas pessoas visitam sites de ONGs ou de fotografia de lugares inusitados? Alimentar o lobo mau enquanto endeusa o bom é fácil na prática. É claro que só veremos o ruim se procurarmos apenas por ele.

Nessa semana, enquanto estava em uma livraria, conversei com uma mulher que estava arrecadando dinheiro para ajudar crianças no sul da Ásia. Hoje, vi um post de 50 motivos para amar o mundo. Vivo nessa constante busca por coisas que me fazem ter orgulho de ser humana. Prefiro ignorar, na maioria das vezes, o que é ruim.

Tenho noção das coisas ruins do mundo - já vivenciei algumas delas eu mesma - e sei que nem todos pensam como eu. Mas quando você está na internet, o que custa visitar aquele site legal ou ver uma palestra no TED em vez de ficar sabendo de boatos políticos pelo WhatsApp? Alimente o lobo bom, ou ele será extinto. 

Talvez você se interesse por

0 comentários