Transformando inspiração em produção

17:07



Novembro foi um mês de pura inspiração. Colhi o fruto dos outros para que posteriormente pudesse plantar minhas próprias sementes. Diversas vezes senti uma vontade de começar a semear minhas ideias, mas deixei isso para dezembro.  Afinal, não é para isso que serve o amanhã? Para guardar todos os nossos feitos meticulosamente planejados no dia de hoje. Embora muitas vezes fiquemos apenas com as ideias, sinto que dessa vez conseguirei tirá-las da minha mente sonhadora e colocá-las em prática na minha realidade.

O maior motivo da protelação é a falta de maturidade e é também por ela que o ato de "deixar pra depois" é importante. Deixe-me explicar melhor usando uma metáfora: desde que me conheço como ser leitor, leio livros best-sellers, com linguagem simples e histórias facilmente compreendidas. Esse tipo de literatura é notavelmente importante e nunca deve ser desmerecido. Comecei com livros de sucesso juvenil e até hoje os leio pois tento não desmerecer o que uma vez foi de suma importância para mim. Mas o fato é que eu não tinha - e nem sei afirmar se hoje tenho - maturidade para ler livros de linguagem mais rebuscada e enredo complexo.

Nós protelamos pois não estamos prontos para encarar a realidade que exige de nós inteligência emocional. Acredito que esteja pronta para o desafio de plantar minhas próprias sementes e se não estiver, existe sempre o amanhã para guardar o resultado dos meus planos.

Talvez você se interesse por

0 comentários