Oh Captain, OUR Captain

21:02


Perdemos nosso Capitão. Oh Capitão, nosso Capitão, por que nos deixou? Não entendo seus motivos, mas procuro compreendê-los. As coisas não deviam estar fáceis. Não está pra nenhum de nós. Às vezes, somos segurados por apenas um fiozinho, e um dia ele se arrebenta. O pior foi assistir o seu fio se arrebentar tão rápido.


Há um tempo atrás, resolvi que a metáfora de fios seria boa para representar toda a complexidade da nossa existência. O que mais me revolta nesse momento de luto é que sinto meus fios fortalecidos enquanto os seus estavam por um triz. Enquanto os de muitas pessoas estão. É tão mórbido pensar nisso, mas até com sua morte, o Capitão me ensinou uma visão diferente das coisas.

Ao assistir "Sociedade dos Poetas Mortos", um dos filmes que mais me inspirou e ainda inspira a minha vida, senti o que nunca tinha sentido na minha vida. Me senti inspirada. Do modo de que nunca imaginei ser possível. Poderia descrever em mínimos detalhes mas sei que as palavras não são suficientes, não dessa vez, pra explicar o que nasceu dentro de mim depois daquele filme.

Acho que em honra de nosso Capitão, devemos realmente começar a aproveitar o dia (carpe diem/seize the day). A vida, em geral. Acho que isso é tudo que ele poderia pedir como legado. Palavras e idéias podem mudar o mundo, então, faço minha parte com esse simples blog e esses simples pensamentos. 


Oh Captain, my our Captain!

Talvez você se interesse por

0 comentários