Destino

18:15


Durante o tempo que fiquei fora para buscar inspiração, vi uma pergunta "Se a vida é tão curta, por que passamos tanto tempo fazendo coisas que não gostamos e gostando de coisas que não fazemos?". A minha resposta foi a seguinte:

"Porque nós esperamos. Esperamos para as coisas acontecerem, para o momento chegar, para o destino fazer acontecer. Mas o destino não existe. Você tem que fazer valer as coisas. A vida não é sobre as coisas que vão acontecer, é sobre fazer as coisas acontecerem. Se esperássemos a oportunidade bater à nossa porta, nunca sairíamos de casa."

"O destino não privilegia os que transpiram autopiedade, coitadismos ou melancolismos", diz um empreendedor que admiro muito. O destino, no caso, é a vida, nossa jornada pela Terra. Não temos que ficar se fazendo de coitados e esperar que os outros nos ajudem, porque a realidade é que eles não vão. Ninguém quer atrair pra perto aqueles que não lutam pelo que acreditam.

Uma regra simples que aprendi é que se você quer alguma, tem que lutar pra isso. E lutar muito. Porque nada vai bater à sua porta. Aquela viagem que você queria, o carro que você admira tanto nas ruas, o seu corpo dos sonhos. Nada disso. Temos que ir atrás do que queremos e se não vamos, não temos o direito de reclamar.

A vida é pra quem quer vivê-la. E aí, vai encarar o desafio?

Talvez você se interesse por

0 comentários