Pessoas de ouro

21:27


Fico imaginando, em meio a todo esse caos que é a minha mente, nas pessoas. Nas pessoas, em geral. Cada uma com sua vida e seus problemas. Todas são observadas, mas nunca enxergadas. Nós não enxergamos de verdade as pessoas. Estamos tão mergulhados na nossa própria vida, e na imensidão de nossos problemas que paramos de observar os outros. Tanta gente passa por nós a todo momento, e nós não nos damos o trabalho nem de imaginar uma vida fictícia à elas. A que ponto chegamos?

Temos literalmente vidas passando pelos nossos olhos. Mas não percebemos. Nos mergulhamos em nós mesmos, afundando no nosso próprio mar e não enxergamos as ilhas que estão por perto. Uma metáfora boba, mas de acordo com nosso comportamento. Somos pessoas de ouro, maleáveis e frágeis, sendo moldadas e amassadas por tudo a nossa volta.

Estamos tão focados na ideia de vida que construímos que esquecemos de viver de verdade. Ficamos tão obcecados por construir as coisas que não percebemos que é a vida que passa enquanto estamos construindo. Vivemos para o futuro e esquecemos o presente. Trágico, mas real.

Talvez você se interesse por

0 comentários