Discos de vinil

19:00





















Esses dias eu estava revirando meu armário. Aquela minha mania de querer encontrar uma solução dentro da minha confusão. Lembra daquela caixa que a gente guardava nossos discos de vinil? Pois é. Foi justamente essa maldita que eu achei. Bem lá no fundinho, toda rasgada. Com ela, vieram também lembranças. Nossa briga por qual disco do Legião Urbana era melhor, por qual a gente tocava primeiro. Mas, confesso, eu adorava. Adorava cada detalhe daquelas tardes que a gente passava ouvindo The Smiths, conversando sobre as coisas do mundo e de repente, parando pra cantar ou simplesmente descansar a voz. Eu nunca realmente quis nada mais que isso, só queria alguém pra falar do mundo comigo, pra discordar, pra me fazer sentir viva. Por que você teve que ir?
A vida aí deve estar bem boa. Você já encontrou alguém que ache The Kooks melhor que Arctic Monkeys? Porque eu sempre te disse que não seria essa pessoa. Você encontrou alguém que bebe chá toda manhã? Mas o mais importante: você se encontrou? Eu espero que sim, porque ter que te deixar ir foi difícil. Um dia a gente se encontra por aí, não é mesmo? Quem sabe nas ruas de Sampa, eu ouvindo Capital, você ouvindo Legião, eu com um café, você com um chá, não importa, eu sei que apesar de todas nossas divergências, você ainda será minha pessoa favorita.

Talvez você se interesse por

0 comentários